(19) 3475-7757 tabatex@tabatex.com.br

Mídia Notícias

Confira os destaques da Tabatex na mídia:


Você sabe qual é a principal função das fitas utilizadas nos teares de pinças?

As fitas para teares de pinça da Fibercompositi permitem um acionamento eficaz, rápido e econômico


No processo têxtil os fios são transformados em tecidos através de uma técnica chamada tecelagem e o método mais antigo conhecido é aquele feito no tear. O processo consiste num entrelaçamento de fios colocados em sentidos diferentes: na longitudinal (urdume) ou na transversal (trama). Neste contexto, o tipo de fabricação dos tecidos está relacionado às suas estruturas e às formas de entrelaçamentos que, aplicadas diferentemente, produzem os tecidos planos. Os tecidos planos são aqueles feitos em tear e caracterizam-se pelo entrelaçamento de dois conjuntos de fios: o urdume e a trama sendo uma construção plana e regular. 

Com a evolução dos teares que ficaram mais longos e largos, buscando cada vez mais a elevação constante da velocidade na entrada do fio da trama e também aos processos que foram tornando a produção cada vez mais rápida, as fábricas de tecelagem em todo o mundo tiveram que escolher cada vez mais a tecnologia de inserção de trama de pinça com a versatilidade incomparável e qualidade de tecido imbatível entre outras tecnologias ao produzir toda a gama de tecidos têxteis, de vestuário e aplicações técnicas altamente complexas.

A máquina de tecer a pinça continua sendo a de maior versatilidade com aplicação nos diversos tipos de tecidos, dos simples aos mais elaborados com produtividade e qualidade elevadas, em comparação às máquinas de tecer a jato de ar. Apesar de apresentar velocidades inferiores tem sua superioridade na produção de artigos complexos, por isto, continuam fortes no mercado e com vendas em grande escala.  

Neste tipo de tear, as pinças podem receber seu movimento de hastes rígidas ou fitas flexíveis. A trama é levada por uma das pinças até o meio da cala, onde é transferida para a outra pinça que fará o restante do percurso da trama. A velocidade de produção é muito maior que o sistema unilateral visto que não há inserção vazia. A pinçagem da trama pode ser positiva ou negativa: No pinçamento positivo, a pinça é dotada de duas lâminas pressionadas elasticamente que agem conforme a trama chega à pinça, isto é, a ação da pinçagem é orientada pela trama. No pinçamento negativo, a trama e a pinça são governadas por mecanismos externos, independentes da trama. A vantagem do pinçamento negativo é a possibilidade de um aumento da velocidade do tear e as fitas que conduzem as pinças são flexíveis e podem ser lisas ou perfuradas. No caso das fitas perfuradas, estas são movidas por rodas dentadas que se encaixam na fita e nas fitas lisas este movimento é executado devido ao atrito da fita com uma roda lisa. Quando as fitas são recolhidas da cala após cada inserção, estas ficam embaixo da mesa batente.

Assim, as fitas são, além disto, guiadas superiormente, na região em que se desempenham da respectiva roda de comando, por uma plaqueta de guia que funciona como um bloqueador contra a reação elástica de deformação da fita e a ação centrífuga da mesma. E onde quer que haja um tear de pinça, há a necessidade de um dos seus componentes mais importantes – as fitas flexíveis de pinças.

Porém a maior  desvantagem nesse processo é um grande atrito decorrente do deslizamento em contato direto e dos inevitáveis choques entre fita e plaqueta que, além de resultar em grande desgaste das fitas e um evidente maior custo energético, libera ainda muito calor, piorando assim as condições de funcionamento da fita que, sendo feita atualmente em material composto de resina por exemplo, em geral garante nos sistemas de acionamento das fitas flexíveis resultados satisfatórios somente a velocidades limitadas de funcionamento do tear. Nas altas velocidades, em torno de 600 batidas por minuto dos modernos teares têxteis, é criado um atrito que leva ao rápido superaquecimento e, portanto, a um desgaste muito precoce e muito acentuado da fita.

Levando em consideração o alto desgaste das fitas feitas de nylon ou resina que se desgastam e podem derreter facilmente em altas velocidades, a opção portanto é a substituição por fitas de materiais mais resistentes, fornecendo um sistema de acionamento das fitas flexíveis que permita a operação, sem perigo de dano, a elevadas velocidades de funcionamento requeridas pelos modernos teares têxteis.

As fitas para teares de pinça da Fibercompositi são utilizadas em Teares Planos e são responsáveis pelo transporte das pinças onde elas fazem a transferência do fio da trama de uma pinça para a outra. Sendo fabricadas com 3 componentes: Teflon, fibra de carbono e Poliéster. Com experiência em projeto, fabricação e fornecimento de fitas de pinça para teares, a tecnologia desenvolvida pela Fibercompositi permite o processamento de materiais fibrosos, sejam eles compósitos ou fibra de carbono.

Com o setor de máquinas têxteis sendo o carro-chefe de sua produção, eles oferecem cada produto de acordo com cada tipo de necessidade, garantindo alta qualidade e desempenho. Sua competência e o conhecimento garantem a produção de qualidade em alto nível de tecidos (carbono, Kevlar, PTFE - Teflon -, algodão, poliéster) e resinas (epóxi, fenólicos, termoplásticos) adequados para diversos setores de aplicação. 

Utilizam as tecnologias mais inovadoras para criar produtos resistentes, leves e, se necessário, flexíveis, capazes de resolver todos os tipos de tensões mecânicas e asseguram que todos os produtos cumprem perfeitamente as especificações graças a um controle de qualidade feito de acordo com os mais rígidos padrões.


Cadastre-se

A PHP Error was encountered

Severity: Core Warning

Message: PHP Startup: Unable to load dynamic library 'C:\PHP_7.0\ext\php_mysql.dll' - The specified module could not be found.

Filename: Unknown

Line Number: 0

Backtrace: