(19) 3475-7757 tabatex@tabatex.com.br

Mídia Notícias

Confira os destaques da Tabatex na mídia:


Como diminuir a emissão de gases poluentes provenientes do processo de acabamento têxtil?

Com tecnologia de precipitação eletrostática o sistema KLEAN ESP da Kleanland é a solução para coleta e purificação de emissões das máquinas de Rama.


No segmento têxtil a máquina de Rama é muito conhecida, já que é parte essencial do processo de acabamento, consistindo basicamente em uma corrente transportadora que corre sobre o trilho de função alargadora, além de uma estufa aquecida para secar e proporcionar o tratamento térmico. Sendo utilizada em tecidos planos, malhas ou não tecidos, ela atua em processos de termo fixação, cura de produtos químicos ou estampados, secagem e alguns tipos de tingimentos.

O ajuste por calor com a utilização de máquinas de Rama é um dos processos mais comuns dentro da indústria têxtil, no qual um calor de 180-210ºC é aplicado para controlar a forma dos tecidos que estão cobertos com óleos orgânicos e corantes, esse processo tem um papel fundamental na produção têxtil, porém, pode criar uma série de problemas ambientais, sendo um deles a alta emissão de gases poluentes. 

Apesar das beneficiadoras têxteis normalmente serem bem desenvolvidas nos processos de acabamentos e beneficiamentos, um outro problema pode ocorrer, caso a empresa coloque o tecido cru na rama, por exemplo, sem realizar o processo de purga antes. Isso pode causar excesso de fumaça, já que a sujeira e óleo são aquecidos e evaporados, liberando muita fumaça do sistema de exaustão e prejudicando o meio ambiente. Além disso, parte do óleo se cristaliza nas fibras, dificultando a absorção dos corantes e enrijecendo o toque dos tecidos.

Os gases emitidos pela máquina rama contêm uma mistura de poluentes como vapores de óleo, partículas de corantes, agentes finalizadores, ceras e partículas sólidas como fiapos e outros particulados, que são alguns dos maiores poluidores e conhecidos como uma ameaça para a saúde humana e para o meio ambiente.

Uma máquina de Rama de oito câmaras expele aproximadamente 16.000 m³/h de ar, no qual a carga de PM2.5 (poluentes descritos acima) pode passar de 500mg/m³, deste modo, cerca de 200kg de compostos a base de óleo podem ser despejados na atmosfera em um turno de trabalho de 24 horas, e se despejados sem tratamento, produzirão uma camada de poluição e um odor pungente detectável a quilômetros de distância.

Para indústrias têxteis, uma opção que ameniza esse problema são os lavadores de gases, dispositivos que controlam a poluição do ar usada para remover a matéria tóxica dos gases industriais e são usados para controle de emissões geradas em ramas têxteis, máquinas de estampar e outros processos que possam necessitar de controle, já que as emissões geradas são compostas de materiais particulados com gases tóxicos. O sistema usa líquido, geralmente água, para arrastar partículas e contaminantes dos gases para que possam ser lavados e removidos. Por meio desses processos, os poluentes são separados e eliminados do ar quando em contato com um líquido, seja por pulverização, borbulhamento, embalagem úmida ou operações equivalentes. 

Apesar dos lavadores de gases serem a medida paliativa atualmente, a Kleanland apresenta uma solução mais vantajosa e eficiente, garantindo um consumo quase 4 vezes menor de energia, se comparado ao consumo de energia de um lavador de gases, por exemplo.

No sistema KLEAN de precipitação eletrostática, os gases passam pelo sistema utilizando um conjunto adicional de ventiladores. Assim, qualquer fiapo e partículas grandes são retidos pelo pré-filtro lavável, e os gases se dirigem ao permutador de calor sendo esfriados a uma temperatura onde os vapores condensam e se tornam gotas. O ar expelido, que agora tem uma fina névoa de gotas de óleo, entra no precipitador eletrostático, onde 95% das gotas de óleo podem ser coletadas, garantindo que o sistema esteja de acordo com as leis de emissão de poluentes vigentes na maioria dos países.

A tecnologia do Precipitador KLEAN ESP é utilizada com a finalidade de remover matérias particuladas dos fluxos de ar através da aplicação de um choque eletrostático às partículas de fumaça e através dos elétrons emitidos na seção do cátodo, com isso, essas partículas negativas são atraídas e capturadas pelo anódio carregado positivamente, enquanto o fluxo de ar sai purificado e limpo. Dada a pequena dimensão dos elétrons (que é muito menor que a das partículas de fumaça e névoa) e a alta densidade de descargas de elétrons (maior ou igual a 1x108/cm³), a ionização dessas partículas arrastadas pelo fluxo de ar seria praticamente impossível.

Já o sistema de limpeza KLEAN ESP aplica energia elétrica às partículas, as quais passam a agir de acordo as regras dos princípios de carregamento: as partículas carregadas negativamente são obrigatoriamente atraídas para a secção dos tubos de anódio que estão carregados positivamente. Elas acabam sendo capturadas pelos tubos e assim, o equipamento consegue uma eficiência de limpeza do ar extremamente elevada. Em contrapartida a outros métodos de limpeza do ar, o Precipitador KLEAN ESP aplica energia apenas nas partículas que devem ser recolhidas e, portanto, a queda da pressão da corrente de ar é muito baixa, deste modo não é necessária a utilização de um segundo ventilador, resultando em um consumo de energia altamente eficiente.


Conheça algumas das principais vantagens do sistema KLEAN ESP


Baixo consumo de água

Água de refrigeração reutilizável ou utilizada em outros processos do acabamento (sai do trocador à 70°C)

Baixo consumo de energia

Para um equipamento de 20.000m³ o consumo de energia é de aproximadamente 7,1 KW. 

Eficiência

Remoção de 96% das partículas de poluição

Facilidade e baixo custo de manutenção

Limpeza manual necessária entre 06 a 12 meses

Monitoramento

Gestão e monitoramento online

Reuso do óleo descartado

Óleo descartado de boa qualidade, possível de ser comercializado


Cadastre-se